Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados.

Reset

Depoimento da jovem Mari

15 anos. Idade que marca qualquer garota, e realmente me marcou. Descobri que uma insulino-resistência havia se tornado uma diabetes. As pessoas acham que lidar com diabetes é fácil, mas não é. Principalmente para os amantes do chocolate. Teimosamente ainda insistir no inicio em continuar a ingerir açúcar, mas meu corpo reagiu mal a minha teimosia, e a situação só piorou. Eu sempre fui uma pessoa muito ativa, e inconscientemente buscava no chocolate a dopamina, tão famosa substância do prazer. Aqueles que abrem mão de momentos bons e prazerosos tem tendência de ingerir muito chocolate por causa disso. Pior do que ter diabetes é estar rodeada de pessoas que não entendem sua situação, e que simplesmente fazem questão de comer doce literalmente na sua frente. A proibição de açúcares na minha vida fez com que eu me tornasse mais “rebelde”. Eu tinha raiva da metformina, no inicio ela me fazia muito mal: enjoos, tonturas, palpitações e quando usada errada, hipoglicemia. Mas pensei que logo poderia abrir mão dela. Pensei muito errado, pois as doses diárias dessa droga só aumentaram, já que meu corpo simplesmente não reconhece a insulina que ele mesmo fabrica. Eu era uma pessoa indisciplinada, tomava o remédio sem comer. Ele já é forte, com isso, era uma bomba no meu estômago. Isso foi o suficiente para que em 1 ano eu tivesse uma pequena ulcera gástrica. Ligado também a um lado emocional fraco, a situação só piorou! 6 meses depois eu estava com uma úlcera hemorrágica, e uma gastrite erosiva. Não poderia ingerir em hipótese alguma frituras, gorduras, e por causa da diabetes açúcares. Isso é o fim pra qualquer um que tem uma alimentação completamente errada. Mas hoje, 2 meses depois, eu digo que não é impossível. Com muita FORÇA DE VONTADE, estou a 1 mês da conclusão do tratamento. Agora mais madura, e podendo comer algumas besteirinhas rs, espero conscientizar jovens como eu, que tiveram suas vidas modificadas por causa da diabetes. Não adianta ter raiva, descontar em si mesmo, não vale a pena. A diabetes ainda não tem cura, mas tem tratamento! O jeito é lidar com isso, e VIVER!

Primeiramente gostaria de agradecer a Mari por ter entrado em contato conosco e enviar seu depoimento, muito obrigado!

Tem uma parte no seu depoimento que me chamou muito a atenção, no momento em que você diz que as pessoas não entendem a sua situação e fazem questão de comer doces na sua frente, isso é uma pena, pois para pessoas que adoram comer chocolate como é o seu caso e pessoas ao seu redor fazem isso sabendo da sua restrição, não ajuda em nada. É importante frizar que além do controle que todos os diabéticos precisam ter, é necessário que todos ao seu redor entendam o quadro de um diabético e procurem dar forças, pois só quem tem diabetes sabe o quanto é complicado abrir mão de coisas que jamais imaginou que não poderia mais usufruir devido a diabetes!

Mari, espero que essas pessoas tomem consciência e torço para que seu tratamento der certo e fico feliz por você ter tomado a atitude de não mais ter raiva da doença e de parar de descontar em si mesma, como você disse, não vale a pena!

Abraço,

Cláudio Gouveia

Deixe o seu comentário!

Powered by Facebook Comments