Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados.

Reset

Locais de aplicação de Insulina

Se você aplica uma agulha sempre no mesmo lugar, dia após dia, um fato interessante acontece: a picada da agulha dói menos. Ainda assim, você deve resistir à tentação de estabelecer um local permanente para as aplicações.

Aqui está a razão: a insulina faz a gordura se acumular. Se você injeta insulina repetidamente no mesmo lugar, a pele ao redor pode ficar inchada e encaroçada. Esse problema é tão comum que os médicos lhe deram um nome: lipohipertrofia, que significa basicamente “aumento da gordura subcutânea”.

Em uma estimativa simples, até 30% das pessoas com diabetes tipo 1 desenvolvem lipohipertrofia. Não é apenas um problema cosmético, embora você provavelmente não vá usar uma roupa de banho na praia se o tiver. Como a gordura necessita de bom suprimento dos vasos sangüíneos, ela faz um péssimo trabalho na absorção da insulina e, com o passar do tempo, a sua dose usual não irá baixar adequadamente os níveis de açúcar do sangue. Os médicos freqüentemente descobrem que, quando pacientes diabéticos de longa data que aplicam insulina desenvolvem problemas com o controle da glicose, a lipohipertrofia é a culpada.

Vale lembrar que a absorção adequada da insulina depende do local da aplicação.

As seqüências para absorção mais rápida da insulina são: abdome, braços, coxas e glúteos.

  • Abdome: região abdominal, exceto no espaço entre 3 dedos à direita ou à esquerda do umbigo. Não é recomendado aplicar nem acima nem abaixo do umbigo por ser desconfortável.
  • Braços: região posterior externa do braço, no espaço entre 3 dedos abaixo do ombro e 3 dedos acima do cotovelo.
  • Coxas: região frontal e lateral superior da coxa, no espaço entre 4 dedos abaixo da virilha e 4 dedos acima do joelho.
  • Nádegas: região superior lateral externa do glúteo, tendo como referência a prega interglútea.

Alguns cuidados especiais após a aplicação de insulina:

  • Não friccionar o local;
  • Não tomar banhos quantes;
  • Escolha o local da aplicação de acordo com as atividades físicas a serem realizadas no dia;
  • Não fazer compressas frias ou quentes.

Texto via Guia do Diabetes e How Stuff Works
Imagem: SBD

Deixe o seu comentário!

Powered by Facebook Comments